segunda-feira

Shibari

A corda não me prende, ela me doutrina, cada pedacinho dela no meu corpo enfatiza a quem eu pertenço, pele nua apenas com laços formados por mãos ágeis e habilidosas na arte de amarrar, enquanto aperta o nó, esqueço a razão, pois só vivo a sensação de ser acariciada por elas E quando estou dentro, me sinto uma linda marionete, guiada e transportada por sensações únicas, prazeres inimagináveis a cada laço que se monta em meu corpo, formando uma linda obra de arte. Ainda não sei como essa maravilha consegue me proporcionar um relaxamento desses, mas me sinto segura pois sei que estou em boas mãos.

Um comentário:

  1. Lindo em texto e imagem...
    Deixo beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir